Print Friendly, PDF & Email

O Acne do adulto

O Acne do adulto

Sabemos que a acne afecta principalmente os adolescentes, contudo os adultos também podem apresentar sinais de acne, especialmente as mulheres: mais de um terço entre os 25 e 40 anos. Geralmente menos severa do que nos adolescentes, a acne do adulto requer cuidados adequados: descubra as nossas dicas para uma pele sem imperfeições!

Uma acne diferente da acne dos adolescentes

Mais comum do que pensamos, a acne do adulto apresenta grandes diferenças relativamente a acne do adolescente.

  • Embora na adolescência tanto os rapazes como as raparigas sejam afectadas pela acne, a acne adulta é principalmente um problema feminino: cerca de 40% das mulheres entre os 25 e 40 anos, face a três vezes menos nos homens.
  • A acne do adulto é geralmente menos severa do que a dos adolescentes: aparecem borbulhas e comedões em menor número e com menor inflamação.
  • Manifesta-se geralmente por períodos de exacerbação intercalados com períodos de melhoria ao ritmo de flutuações hormonais.
  • Por fim, concentra-se principalmente na parte inferior do rosto (à volta da boca e do queixo). Estas imperfeições tardias podem afetar pessoas que já sofreram de acne na adolescência, mas também quem nunca teve: neste último caso, é muito difícil de ser aceite pela pessoa, e é encarada como uma injustiça. Na maioria dos casos, o estado da pele melhora após os 40 anos devido ao atrofiamento das glândulas sebáceas com o envelhecimento, o que torna a pele mais seca e menos sujeita a imperfeições.

Uma origem hormonal

Tal como no caso dos adolescentes, as hormonas estão também envolvidas na acne do adulto: a produção de sebo pelas glândulas sebáceas está sob o controlo hormonal ao longo de toda a vida. Nalguns casos, por razões genéticas as glândulas sebáceas são excessivamente sensíveis a essa influência hormonal: têm então tendência a produzir sebo numa quantidade demasiado elevada, o que torna a pele oleosa e favorece o aparecimento de imperfeições.Na mulher adulta, as hormonas flutuam ao ritmo dos ciclos menstruais, gravidez etc. Ficando mais propensa a acne alguns dias antes da menstruação ou durante a gravidez, quando os níveis de progesterona aumentam no organismo.Por outro lado, os homens possuem uma maior estabilidade hormonal na idade adulta: o que explica que sejam menos afetados pela acne adulta.

Fatores agravantes:

Ao contrário da acne do adolescente, a acne adulta é frequentemente multifatorial. Além da influência das hormonas acresce uma diversidade de causas externas ou psicológicas:

  • O uso repetido de cosméticos de baixa qualidade, incluindo maquilhagem com altor teor oleoso e oclusivo, como por exemplo algumas bases.
  • A toma de certos medicamentos (como por exemplo tratamentos hormonais ou à base de cortisona).
  • O stress.
  • A poluição, que pode obstruir os poros.
  • A excessiva exposição ao sol, que desencadeia o processo de hiperqueratinização (aumento da espessura cutânea)
  • O tabaco, que favorece o aparecimento da acne e torna-a mais difícil de tratar.

Os bons hábitos a adotar

Na maioria dos casos menos severa do que em adolescentes, a acne do adulto é muitas vezes negligenciada. No entanto, a adoção de uma boa higiene e o uso regular de cuidados específicos são suficientes para que se notem melhorias:  • Limpar cuidadosamente a pele de manhã e à noite para eliminar o excesso de sebo e as impurezas. Escolher um produto suave, não irritante e especificamente formulado para a pele mista ou oleosa.

  • Evitar utilizar produtos de limpeza demasiado agressivos (como por exemplo sabão azul ou produtos que contenham álcool), pois podem agredir a sua pele e provocar um aumento da secreção de sebo.
  • Uma vez por semana, ofereça à sua pele um cuidado esfoliante suave para uma limpeza em profundidade, seguido da aplicação de uma máscara purificante para regular a produção de sebo.
  • De manhã, após a higiene, aplicar um hidratante e matificante como por exemplo a Emulsão Hidratante Matificante Apaisac.
  • À noite, retirar a maquilhagem utilizando um desmaquilhante adaptado para a pele mista e oleosa como o Leite Desmaquilhante Apaisac. De seguida, hidratar o rosto privilegiando cuidados hidratantes com funções purificantes como por exemplo a Emulsão Anti-Imperfeições Purificante Apaisac.
  • Se utilizar maquilhagem, opte por produtos não-comedogénicos e não oleosos, como a maioria dos produtos encontrados em farmácias e parafarmácias.
  • No verão, usar sempre um protector solar com índice protector elevado.
  • Por fim, se não notar melhorias após dois meses, consulte o seu dermatologista: ele irá avaliar a necessidade de prescrição de um tratamento local ou oral especifico, de acordo com o estado da sua pele e idade.